a essência do yoga

Convidados

Mariette Raina
YOGA DE CAXEMIRA
Tracejdo Bolinha

O Yoga de Caxemira coloca a escuta e não a intenção no centro de sua prática.
Através de uma exploração sutil e imaginativa, os praticantes são guiados a redescobrir
as posturas de yoga, os asanas, a respiração, o pranayama e os sentimentos. A tactilidade estimulada
em detrimento do desempenho, revela padrões de reatividade que são questionados espontaneamente.
Descobrimos um novo espaço, sem fabricação ou compensação. Quando a imagem habitual do eu desaparece,
ela dá lugar ao “corpo vazio” livre de memória.
Seja a postura empurrada ou explorada em micro movimentos, ela é sempre secundária à escuta:
essa abordagem não conhece níveis. Do corpo à psique, essa perspectiva se integra
à vida cotidiana.

Sem expectativa ou propósito, apenas a intensidade do momento como é apresentado existe.
Este yoga é parte da tradição tântrica não dualística da Caxemira e é transmitido de mestre para aluno.

Mariette recebeu seu ensinamento de Éric Baret e guiada por ele, ela conduz uma pesquisa intitulada “O Yoga de Caxemira”,
“Entre a Tradição e a Modernidade”, publicada como uma tese de mestrado pela Universidade
de Montreal em 2013. De 2012 a 2015, ela trabalha com Éric Baret na produção
de “Body of Vibration”, publicado em novembro de 2015 por Almora e
lida com o trabalho técnico do Shaivismo da Caxemira.
Atualmente, ela está trabalhando em uma coletânea de ensaios sobre vários
temas relacionados à metafísica dos tantras e da cultura indiana.
Aborda temas como yoginis, sadhus ou o lugar da arte na jornada espiritual.

Tracejdo Bolinha